Unioeste entra em greve no dia 28 de abril

Assembleia do Sinteoeste (Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos do Ensino Superior do Oeste do Paraná) deliberaram na sexta-feira (7), greve geral a partir do dia 28 de abril. A adesão dos servidores dos cinco câmpus da Unioeste (Unioeste Estadual do Oeste do Paraná) à paralisação foi unânime. “No dia 28 cruzaremos os braços e nos juntaremos ao conjunto da classe trabalhadora contra as reformas da Previdência e Trabalhista e contra a lei que amplia as terceirizações tanto no setor público quanto privado”, comenta a presidente do Sinteoeste, Gracy Kelly Bourscheid.

Na terça-feira (11), servidores da universidade e do HUOP (Hospital Universitário do Oeste do Paraná) participam das mobilizações do Dia Estadual de Luta e Mobilização em Defesa das Universidades Públicas, que ocorre nas sete universidades paranaenses.

Também na terça, enquanto servidores e diretores do sindicato estarão mobilizados em cada campus, a presidente do Sinteoeste participará em Curitiba de uma audiência do Comitê em Defesa das Universidades Públicas com a Frente Parlamentar em Defesa do Serviço Público da Assembleia Legislativa do Paraná.

Deixe uma resposta