Transporte privado: Uber deve funcionar em 15 dias em Cascavel

O sistema de transporte privado Uber deve entrar em funcionamento em 15 dias em Cascavel, mesmo sem regulamentação. A previsão é do vereador Fernando Hallberg, que na tarde de ontem se reuniu com o presidente do Sindetáxi (Sindicato dos Motoristas de Táxi) de Cascavel, Claudio Fernando Biazi, para discutir a vinda do serviço ao município.

“A intenção é que haja um modal de transporte integrado e que a chegada do Uber a Cascavel seja da maneira mais pacífica possível, diferentemente do que ocorreu em outras cidades”, relata Hallberg.

O serviço ainda precisa ser regulamentado pela prefeitura. Para que isso ocorra, um estudo foi elaborado pela Câmara de Vereadores e será encaminhado na próxima semana ao prefeito Leonaldo Paranhos. Enquanto isso, os motoristas cadastrados no aplicativo Uber Cascavel podem atuar sem nenhum problema, seguindo as regras da própria empresa. A regulamentação, que ainda não tem prazo para sair, permite que sejam arrecadados tributos, como o ISSQN. “Sem regulamentação, o Município perde receitas. Portanto, a partir da entrega do estudo, a bola está com o prefeito”, ressalta o vereador.

Biazi comenta que não há nenhuma interferência dos taxistas para impedir o funcionamento do Uber, mas acredita que a regulamentação seja um bom caminho. “As regras devem ficar bem claras aos motoristas”, diz. Em Cascavel circulam hoje 131 táxis com 200 motoristas divididos em turnos.

Deixe uma resposta