Sindicatos organizam ato que deve fechar Trevo Cataratas

A direção da Força Sindical do Paraná realizou ontem, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, em Cascavel, reunião com sindicatos e movimentos da região para organizar a paralisação nacional do dia 28 de abril. Convocada pelas centrais sindicais, a mobilização será um protesto em defesa da aposentadoria, dos direitos trabalhistas e contra o projeto de terceirização ilimitada.

Em Cascavel, a mobilização inicia na Avenida Brasil, em frente à Catedral Nossa Senhora Aparecida, a partir das 10h. Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Metalúrgica em Cascavel e Região, Sebastião dos Santos Simões, a proposta é fechar o Trevo Cataratas por pelo menos uma hora. “Para fazermos um movimento de massa é preciso envolver o transporte”, diz. Ainda conforme Simões, após a mobilização as centrais sindicais vão avaliar o impacto no Congresso Nacional, e caso os governantes insistam na reforma da maneira em que está inserida, as categorias não descartam uma greve geral por tempo indeterminado.

Conforme o presidente da Força Sul, que reúne as regionais da Força Sindical do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, Sérgio Butka, o encontro em Cascavel só reforçou a importância da mobilização pela luta dos direitos dos trabalhadores. “A paralisação marcada para 28 de abril é necessária, pois vivemos em um momento muito importante para a sociedade, aos trabalhadores especialmente, que terão seus direitos retirados com a aprovação das reformas Trabalhista e Previdenciária”, relata. “Postergar a aposentadoria da grande maioria dos trabalhadores e preservar somente àqueles que hoje têm privilégios é fazer uma política social ao contrário, já que a população mais carente vai trabalhar mais e se aposentar com menos. Não é possível que tenhamos uma sociedade desta forma”, acrescenta Butka.

Em todo o Brasil, as mobilizações iniciam ainda de madrugada, com assembleias e paralisação total dos funcionários. Atos públicos também são organizados. No Paraná, haverá grande concentração em Curitiba.

Deixe uma resposta