Sindicato pede para que não haja emissões com unificação de agências do Bradesco e HSBC

Diretores do Sindicato dos Bancários de Cascavel e Região mantiveram reunião com o gerente regional do Banco Bradesco, Jainevon de Moura, e com o gerente executivo administrativo Adilso Alberton. O Sindicato participou através do seu presidente Gladir Basso (também presidente da Federação dos Bancários do Paraná), e dos diretores Edimilson Palma e Geraldo Kaminski.

No encontro, esteve em pauta a nova realidade criada com a compra do HSBC pelo Bradesco, e suas consequências, como fechamento de agências, possíveis demissões e remanejamento de funcionários.

Na ocasião, Jainevon de Moura informou que haverá cinco unificações de agências na base do Sindicato de Cascavel. São elas: Corbélia, Cafelândia, Céu Azul, Matelândia e Guaraniaçu.

Na reunião, os dirigentes do Sindicato pediram para que, em função da unificação de agências, não haja demissões de bancários. O gerente regional informou que no prazo de 90 dias irá definir os “ajustes” que deverão ser feitos no quadro de pessoal, principalmente com remanejamento de empregados, em função do fechamento de agências.

 

Deixe uma resposta