Segundo grau: Homem tem queimaduras após explosão de cilindro

Um trabalhador ficou gravemente ferido ao sofrer queimaduras causadas pela explosão de um cilindro de gás, na tarde de ontem, em uma mecânica localizada na Rua Epitácio Pessoa, no Bairro Parque São Paulo. O homem teve 12% do corpo atingidos, sofrendo ferimentos de segundo grau, principalmente no rosto e no pescoço.

De acordo com um colega de trabalho, Ildomar Kletki, de 46 anos, manuseava um maçarico quando teria abaixado para pegar algo. As chamas do equipamento se aproximaram muito do botijão, causando uma explosão que atingiu o trabalhador. A vítima foi atendida por socorristas e médico do Siate, sendo encaminhada em estado grave ao Hospital Universitário.

Em todo o ano passado, o 4º GB (Grupamento de Bombeiros) de Cascavel prestou atendimento a 19 ocorrências de queimaduras ou choque elétrico. O número é 10% menor que o registrado em 2015, quando a corporação atendeu 21 ocorrências desta natureza.

A quantidade de vítimas também sofreu redução, de 24, em 2015, para 20, em 2016. Segundo dados do 4º GB, não houve registro de vítimas fatais no ano passado, enquanto houve um óbito em 2015.

O incidente de ontem foi a segunda ocorrência desta natureza atendida pelo Corpo de Bombeiros neste ano, em Cascavel. Na última quarta-feira, Leandro Zanardi, de 29 anos, ficou gravemente ferido ao sofrer um choque elétrico em uma obra no Loteamento Lago Azul. Ele utilizava uma régua de alumínio quando a ferramenta encostou na rede elétrica, causando o choque.

A corrente entrou pelos membros superiores e saiu pelos inferiores, causando queimaduras. O trabalhador foi socorrido e encaminhado ao Hospital Universitário. Devido à gravidade dos ferimentos, houve a necessidade de transferência ao Hospital Evangélico, em Curitiba, especializado em queimaduras.

Deixe uma resposta