Secretaria de Defesa Social deverá incluir políticas de combate às drogas

Para combater problemas em decorrência do uso de drogas, a previsão é de que uma nova secretaria seja criada pelo município. O assunto foi debatido na primeira reunião da nova diretoria do Comad (Conselho Municipal de Políticas Públicas sobre Drogas), com o prefeito Leonaldo Paranhos, na manhã desta sexta-feira.
Por conta de questões orçamentárias não há nenhum secretário nomeado na área antidrogas e atualmente somente o conselho é responsável por essa atuação.
O presidente do Comad, Jairo Ferreira Filho, avalia de maneira positiva a intenção do município com a proposta apresentada.
“A intenção de montar uma secretaria de Defesa Social é uma boa ideia, haja vista que o problema de drogas é multifatorial, então todos os trabalhos têm que ser feitos em conjunto. Uma secretaria mais ampla com departamentos atuando em conjunto poderá ter uma grande eficácia”, ressalta.
A expectativa é de que esse novo formato de secretaria seja apresentado no mês de junho quando ocorrem ações pela Semana Mundial de Combate ao Uso de Drogas.
Durante a reunião também foi discutida a possibilidade de uma nova proposta de lei para o Comad.
“O prefeito foi receptivo com a proposta de lei para que se possa adequar o funcionamento do Conselho que tem um papel relevante. Nos propusemos a fazer a minuta de lei e trazer até a prefeitura e assim, sanar esse problema de falta de representatividade da tomada de decisões sobre políticas de combate às drogas”, afirma Filho.

Deixe uma resposta