Produção na Horta Municipal está ameaçada

O excesso de chuva tem comprometido o desenvolvimento das culturas na Horta Municipal de Cascavel. A previsão é de que as primeiras colheitas do ano ocorressem nesta semana, porém será preciso aguardar mais tempo. “O volume de água prejudicou o crescimento da alface e da cebolinha e não podemos colocar máquinas no campo para iniciar novos plantios”, comenta o atual coordenador do espaço, Arlei Luiz Pauli.

Há mudas que já estão prontas na estufa, mas não podem ir aos canteiros devido às condições do tempo. Além disso, o espaço destinado ao plantio de repolho também é prejudicado. “Dependemos da colaboração do tempo. Se o dia segue com sol, conseguimos adiantar um pouco dos serviços”, ressalta Pauli.

Outra dificuldade encontrada é com a falta de funcionários. Atualmente há cinco pessoas responsáveis pela manutenção, da horta, mas a expectativa é que haja reforço. “Vamos tentar novamente parceria para que os detentos possam prestar serviços”, diz o coordenador.

Em condições de colheita, há somente couves que são destinadas exclusivamente às entidades atendidas pelo município. “Esperamos que as demais verduras cresçam e que o mais breve possamos voltar a atender a comunidade de Cascavel”, ressalta Pauli.

Reportagem: Romulo Grigoli

Foto: Lorena Manarin

 

Deixe uma resposta