Novo delegado da PF toma posse em Cascavel

Com 14 anos de profissão e passagens por São Paulo, Curitiba, Foz do Iguaçu e mais recentemente em Guaíra, tomou posse oficialmente o novo delegado-chefe da Polícia Federal em Cascavel, Marco Smith.

A solenidade, que contou com a presença de autoridades políticas e militares, aconteceu na Câmara de Vereadores e marca a passagem de comando da entidade do até então delegado, Celso Mocchi, que estava em Cascavel desde 2013.

O novo delegado já está na cidade há cerca de 15 dias e, logo na primeira semana em que assumiu a chefia, a PF interceptou uma carga de mais de uma tonelada de maconha, remédios no aeroporto de Cascavel e a policiais federais de Cascavel participaram de um confronto que resultou na morte de seis assaltantes de bancos.

Conforme Smith, a maior parte de sua carreira foi baseada no combate ao tráfico de drogas e é justamente isso que será o norte de suas ações na cidade. “Temos uma área de abrangência que engloba 58 municípios do Oeste e Sudoeste do Estado, incluindo a fronteira com a Argentina. Em Cascavel, especificamente, temos um entreposto rodoviário por onde passa muitos tipos de ilícitos e é justamente isso que vamos coibir”.

Segundo ele, que veio de Guaíra, as apreensões naquela cidade cresceram 60% os furtos e roubos caíram 50%. “Pretendemos intensificar os trabalhos e trazer, pelo menos, os mesmos números obtidos na fronteira. Cabe à Polícia Federal a repressão ao tráfico de drogas e não descartamos nenhuma ação nesse sentido, incluindo pequenas apreensões nas chamadas ‘bocas de fumo’ para que as grandes quadrilhas sejam desarticuladas”.

 

Deixe uma resposta