Nove motoristas autuados por embriaguez no fim de semana

Iniciadas na noite de quinta-feira (16) e encerradas ontem (19), as blitze realizadas nas ruas de Cascavel como parte da Campanha Lei Seca resultaram em 147 autuações de trânsito, sendo que dessas, nove motoristas estavam embriagados e três deles foram presos em flagrante devido ao teste do etilômetro (bafômetro) apresentar resultado acima de 0,33 miligrama de álcool por litro de ar expelido. Embriaguez ao volante caracteriza infração de trânsito gravíssima, com multa no valor de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por um ano. No caso do flagrante, o motorista ainda responde criminalmente pelo ato. O perfil, na grande maioria, é de jovens na faixa de 18 a 35 anos de idade.

As operações desse fim de semana foram realizadas numa parceria entre a Cettrans, a Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Estadual como forma de intensificar a rotina de fiscalização dos órgãos de trânsito. Contudo, “queremos que esta Campanha de Trânsito Humanizado desencadeada pelo prefeito Leonaldo Paranhos ganhe amplitude e tenha caráter permanente, principalmente agora com a chegada do Carnaval, quando o bafômetro será mantido em todas as operações”, detalhou o presidente da Cettrans, Alsir Pelissaro.

Durante as quatro noites também foram vistoriados 301 automóveis e 186 motocicletas, resultando na remoção de 37 veículos para o pátio da Cettrans por irregularidades. De acordo com o encarregado do Setor de Operações de Trânsito da Cettrans, José Valdecir Martins, outra situação que chamou atenção na operação foi a de um condutor que foi preso na segunda noite, acusado de tentativa homicídio contra um dos agentes de trânsito que fazia a sinalização da via na Avenida Brasil com a Rua Salgado Filho. “Ele conduzia um veículo com débitos, sem carteira de habilitação, furou o bloqueio e por pouco não atingiu o agente que fazia a sinalização da via”, detalhou Martins. “Vamos intensificar o uso do etilômetro [bafômetro] e ampliar as campanhas de trânsito, visando reduzir drasticamente o número de pessoas alcoolizadas ao volante”, reforçou.

Deixe uma resposta