No Tropical: 12 arrombamentos em uma semana?

Reportagem: Tissiane Merlak

Foto: Vandré Dubiela

 Chegar em casa e encontrar tudo virado. Essa situação já se tornou rotina a muitos moradores do Bairro Tropical, que há semanas convivem com o medo. Segundo um morador que prefere não se identificar, em sua residência os criminosos só não entraram porque ele colocou inúmeras fechaduras nas portas, janelas e instalou câmeras de segurança. “Eles arrombaram o cadeado do portão, tentaram levar o carro e como não conseguiram abrir o portão eletrônico, acabaram desistindo”.

Conforme o homem, para minimizar o prejuízo, os moradores implantaram o sistema de “Vizinho Solidário” e, por meio do WhatsApp avisam um ao outro qualquer tipo de movimentação estranha no bairro. “É uma forma de evitar que as casas sejam invadidas. O problema, além de ter nossos pertences levados por criminosos, é a possibilidade de assaltos, em que são usadas armas e a violência é ainda maior”.

De acordo com outra moradora, todos estão assustados. “Em uma noite os bandidos, imaginamos que sejam os mesmos, entraram em uma casa às 19h. Vinte minutos depois eles já tinham levado tudo e já estavam em outra residência”.

Somente das casas que os moradores têm conhecimento, no bairro em menos de uma semana foram 12 arrombamentos. “É triste pensar que até então tínhamos a tranquilidade de chegar em casa e não ter nenhuma surpresa, mas infelizmente nos últimos meses isso não acontece mais”, disse uma mulher que, com uma criança de colo, demonstrou apreensão sobre o que pode acontecer. “Esses bandidos não têm nada a perder. Eles entram nas casas, muitas vezes armados, e se tiver alguém dentro fazem de refém, agridem, ameaçam, para levar um carro ou qualquer outra coisa de valor”.

A reportagem do Hoje solicitou ao setor de Relações Públicas do 6º Batalhão de Polícia Militar, em Cascavel, o número de arrombamentos no primeiro trimestre deste ano. Conforme os dados nos primeiros três meses do ano foram 480 furtos e 289 roubos. No mesmo período do ano passado foram contabilizados 295 roubos e 579 arrombamentos.

Em relação aos roubos a queda foi de pouco mais de 2% e nos furtos ou arrendamentos foi de mais de 17%.

Roubos

Além dos casos de arrombamentos, a Polícia Militar de Cascavel registrou 16 casos de assaltos somente no Bairro Tropical neste ano. Conforme o Departamento de Relações Públicas da PM, foram dois no mês de janeiro, quatro em fevereiro, seis em março e outros quatro até quarta-feira desta semana.

Segundo o responsável pelo setor, tenente Roberto Tavares, diuturnamente uma viatura da radiopatrulha está no bairro e adjacências. “As equipes estão nas ruas, 24 horas por dia, para coibir não só os roubos, mas os arrombamentos que por ventura possam acontecer”.

Conforme Tavares, a orientação é para que, mesmo com a presença da polícia, os moradores fiquem atentos aos cuidados básicos no dia a dia.

 

Assaltos no Tropical

 

Janeiro       02

Fevereiro    04

Março         06

Abril 04*

 

* Dados até o dia 26 de abril

Deixe uma resposta