Moção pedirá ao Ministro a reabertura da agência do Correios em Cascavel

Uma audiência pública foi realizada nesta quinta-feira à noite no Plenário da Câmara de Vereadores de Cascavel, com o objetivo de debater soluções para as falhas apresentadas nos serviços prestados pela Correios (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafo) no município de Cascavel.

O vereador Olavo Santos (PHS), requerente da audiência foi quem presidiu o encontro, em parceria com o deputado estadual, Marcio Pacheco (PPL). Também estavam presentes, os representantes do Sintcom-PR (Sindicato dos Trabalhadores nos Correios do Paraná), Sérgio Augusto Alende, Marcos Rogério Inocens e Sérgio Luciano da Costa; Diretor Regional dos Correios no Paraná, Paulo Cezer Kremer; presidente do Conselho Deliberativo da Acic, José Alexandre Polasek; representante da Amic, Sandro Viapiana; representante do Prefeito Municipal, Cletírio Ferreira Peistler;  presidente da Comissão do Defesa do Consumidor, Vereador Alécio Espinola e dos parlamentares Romulo Quintino, Misael Junior, Josué de Souza, Serginho Ribeiro, Jaime Vasatta e Valdecir Alcântara. A audiência ainda contou com a participação expressiva dos profissionais dos Correios e da população em geral.

“A população vem sentindo na pele a dificuldade em relação às entregas dos Correios. São contas de cartão de crédito chegando atrasadas, contas de telefone e boletos. Sabemos que por meios jurídicos pode-se resolver a questão, mas precisamos solucionar este problema por completo, e o quanto antes, para o bem da população”, destacou Olavo.

Paulo Cezer Kremer, durante uso da palavra destacou que não há possibilidades da reabertura do Correio da Região Norte, uma das principais reivindicações dos trabalhadores da Estatal e da população da localidade. “Não há possibilidade da reabertura da unidade norte devido à falta de segurança. Ao todo foram dez assaltos e um arrombamento naquele local, gerando gastos desde recursos estruturais quanto humanos”, afirmou o diretor regional.

Além do fechamento da Unidade Norte, a população também tem de lidar com o fechamento do Centro de Distribuição Domiciliar Cascavel Leste, localizado na Rua Erechim, previsto para os próximos dias.

Segundo o deputado estadual, Marcio Pacheco, “é inconcebível fechar uma unidade dessas diante da importância de Cascavel e do grande volume de serviços prestados às pessoas”.

Ainda de acordo com ele, “todos os esforços e recursos serão utilizados para garantir um bom serviço não somente em Cascavel, mas em todo o estado”.

Por fim, ficou definido que quatro Moções serão encaminhadas, sendo uma para Câmara a de Vereadores, endereçada ao Ministro das Telecomunicações e Presidente dos Correios, para a manutenção do Centro da Rua Erechim e para a reabertura da agencia da Região Norte; Outra para Alep (Assembleia Legislativa do Estado Paraná), endereçada ao Ministro das Telecomunicações e Presidente dos Correios, para a manutenção do Centro da Rua Erechim e para a reabertura da agência da Região Norte, proposta pelo deputado Marcio Pacheco; A terceira moção encaminhada da Câmara de Vereadores endereçada ao prefeito de Cascavel, solicitando apoio à causa e a quarta da Alep, solicitando apoio à causa, proposta pelo deputado Marcio Pacheco.

Deixe uma resposta