Manual orienta escolas privadas sobre inclusão

O Sinep-PR (Sindicato das Escolas Particulares do Paraná) criou um manual de orientações para auxiliar a rede privada de ensino com conhecimentos técnicos sobre inclusão.

O processo já ocorre e hoje a rede privada do Estado tem 7,8% de alunos incluídos. Na rede pública o índice é de pouco mais de 2%.

De acordo com a presidente do Sinep, Esther Cristina Pereira, apesar dessa realidade, o Estatuto do Deficiente em 2015 e a nova deliberação do CEE (Conselho Estadual de Educação) em 2016 motivaram a produção do manual. “Alguns itens ficaram mais complexos para as escolas e por isso criamos o manual para dar auxílio e esclarecer, por exemplo, quantos alunos poderão ser incluídos em uma turma de 20 alunos, como o professor irá suportar isso e que tipo de trabalho deverá ser feito para que haja um trabalho feliz”, destaca.  Evento realizado ontem em Cascavel para cerca de 160 participantes apresentou o manual de orientações e abriu espaço para debates. LORENA MANARIN

Deixe uma resposta