Leilão do Jiácomo Lunardelli fica para o dia 24

Ninguém quis arrematar, no primeiro leilão, os 65% do prédio e equipamentos do Hospital Jiácomo Lunardelli, em Cascavel. O certame, que estava marcado para ontem, foi remarcado para o dia 24 deste mês, uma vez que não houve interessados para a compra. Por conta disso, o valor inicial, de mais de R$ 4,9 milhões, deverá cair para 50%. Os interessados em adquirir o imóvel e equipamentos poderão optar pelo pagamento à vista ou ainda parcelar com 25% de entrada e o restante em até 30 meses.

Pela manhã, horas antes do leilão, ex-funcionarios do antigo Hospital Santa Catarina, fizeram um protesto. Eles pediam o pagamento da rescisão contratual e o depósito do FGTS.

De acordo com o processo, que tramita no Tribunal de Justiça do Paraná, a Massa Falida do Hospital Santa Catarina pertence a Aurélio Regasso, Daysy Maria Kaled Regasso, João Tales de Lara Manoel (espólio) e Carnmen Lúcia Manoel. Dentre os credores estão a White Martins Gases Industriais, cujo processo foi julgado ainda em 2011. Todo processo tramita na 5ª Vara Cível de Cascavel.

Deixe uma resposta