Jovem que teve 80% do corpo queimado em explosão morre em Curitiba

A luta da jovem Maria Luísa Moia Kamei pela vida teve fim neste sábado (29) em Curitiba, onde estava desde o dia 13 de março para tratar das queimaduras de 2º e 3º graus que atingiram 80% de seu corpo durante uma explosão causada por um vazamento de gás no apartamento onde morava, em Cascavel.

A estudante de medicina de 20 anos sofreu o acidente no dia 11 de março e logo após receber os primeiros socorros foi encaminha ao Hospital Universitário de Cascavel, onde permaneceu internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) até ser transferida para o Hospital Evangélico, na capital do Estado.

A explosão destruiu o apartamento da jovem e chegou a interditar o prédio.

Detalhes do velório e do sepultamento ainda não foram informados pela família da jovem, que é de Maringá.

Deixe uma resposta