Jardim Gramado: Reintegração de posse pode ocorrer a partir de amanhã

prazo para que famílias desocupem a área invadida do Jardim Gramado se encerra nesta quinta-feira. A partir de agora a qualquer momento pode ocorrer a reintegração de posse com auxílio de força policial por determinação da Justiça.

Ainda na quarta-feira reunião foi realizada na prefeitura para a discussão de alternativas para que moradores sejam realocados. A princípio, um encaminhamento também seria encaminhado ao poder judiciário na tentativa de se conseguir um prazo maior de reintegração.

Conforme cadastro da prefeitura ainda permanecem no Jardim Gramado 90 famílias. A solução mais viável para o impasse diante da determinação da reintegração de posse seria transferi-las para área do Jardim Veneza, onde atualmente há outras 156.

Com isso, a prefeitura teria condições de buscar áreas do Município para transformar em lotes em número suficiente para atender as famílias. Os terrenos deverão ser repassados à Cohavel, que então negociará com cada proprietário.

IMPASSE

Levantamento preliminar revelou que 60 famílias participam da ocupação no Veneza sem integrarem o processo de negociação do Gramado. Diante desta constatação, haverá uma nova contagem dos moradores no local.

A respeito do pedido de um prazo maior para que a reintegração de posse ocorra, a Transcontinental Empreendimentos Imobiliários, de Porto Alegre, empresa proprietária da área do Jardim Gramado, ainda não foi comunicada sobre essa possibilidade.

 

Deixe uma resposta