Havan terá segunda aloja em Cascavel

“Vivemos um novo momento no Brasil, voltamos a acreditar no País. Feliz da cidade que tem um prefeito que não pensa em burocracia, porque é o poder público nosso problema que muitas vezes trava o avanço. Precisamos desburocratizar este País. Cascavel nos recebeu de braços abertos e trazemos aqui nossa 103ª loja com muito orgulho, porque esta cidade tem uma gente maravilhosa. Sou fã de Cascavel”, disse nesta manhã (17) o empresário Luciano Hang, presidente do Grupo Havan, que confirmou ao prefeito Leonaldo Paranhos, demais autoridades e à imprensa o lançamento da segunda loja da rede no Município. O empreendimento de R$ 40 milhões tem início imediato, com inauguração prevista para o mês de novembro deste ano.

Paranhos lembrou que em 2001, quando da instalação da primeira loja da rede, acompanhou o ato como vice-prefeito e agora, “tenho a honra de receber a nova loja enquanto prefeito. Quando assumimos a prefeitura pedimos agilidade absoluta da Secretaria de Planejamento nos projetos que estavam travados e hoje podemos receber o grupo com todas as honras, porque somos apaixonados pela Havan, uma loja que está no coração dos cascavelenses e da nossa cidade. A vinda de mais esta unidade é estratégica, pois gera emprego e renda para a toda a região e o Município está de portas abertas para contribuir no que for preciso”.

O prefeito também informou que o PDI (Programa de Desenvolvimento Integrado) tem projetos nas proximidades na nova loja, com as mudanças já programadas na Avenida Tancredo Neves e o projeto do terminal de transbordo sudoeste nas proximidades da nova loja, o que promoverá desenvolvimento na região oeste da cidade.

 

15 mil m² e estátua da Liberdade

A nova loja está em fase de terraplanagem e será erguida na confluência da Tancredo Neves com a BR-277, na saída para Foz do Iguaçu. Com 15 mil metros quadrados de área construída e a presença da tradicional réplica da Estátua da Liberdade com 35 metros de altura, mais infraestrutura de apoio, a megaloja promete ser uma das mais modernas da rede, gerando 200 empregos diretos na região, com escada rolante, área de alimentação e demais setores de apoio.

A Estátua da Liberdade foi incorporada pela rede como símbolo em 1996 e representa a liberdade de escolha e de compra que os clientes encontram nas lojas, segundo o presidente do grupo. “Queremos fazer com que a estátua atraia turistas, fazendo da Parada Havan de Cascavel uma referência para a região, a exemplo do que ocorre em Barra Velha, pois a estátua é uma peça que engrandece e anima a cidade. E Cascavel merece isso. Sou de Brusque, mas amo Cascavel”, disse Luciano Hang, informando que a rede projeta crescimento de 30% este ano, com meta de fechar 2017 gerando 12 mil novos empregos.

“Vejo a Havan para 2022 com 22 mil colaboradores e 200 lojas, quando já seremos uma grande empresa”, projeta Hang, já planejando uma terceira loja para Cascavel. Segundo ele, mesmo com a abertura da megaloja, a estrutura da Avenida Brasil terá a operação mantida.

Foto : Vandré Dubiela

Deixe uma resposta