Gramado: cadastro padrão vai apontar situações de ‘altíssima prioridade’

Uma terceira reunião entre a administração municipal (secretarias de Ação Comunitária, Assistência Social, Assuntos Jurídicos e Planejamento e Urbanismo) e o defensor público do Paraná, Ricardo Menezes, que coordena o Nufurb (Núcleo Itinerante das Questões Fundiárias e Urbanísticas) foi realizada hoje (20) na Prefeitura, desta vez com a participação de uma comissão dos moradores do Jardim Gramado que vivem em área de ocupação na região leste da cidade. O objetivo foi o de encontrar saídas para o impasse que se arrasta para a realocação das famílias devido ao pedido de reintegração de posse da área particular.

A pauta da ocupação começou a ser tratada no gabinete ainda no dia 26 de janeiro. As secretarias de Planejamento e Urbanismo, de Ação Comunitária/Defesa Civil e de Assistência Social já realizaram em conjunto ações de cadastramento das famílias, tanto no Jardim Gramado como no Jardim Veneza. Como existem situações distintas entre as famílias que lá residem, em comum acordo ficou constatada a necessidade de um levantamento que aponte o número específico das famílias que se encontrem em altíssima prioridade para que o Município possa definir ações a partir desse grupo, uma vez que são mais 236 famílias no Gramado, algumas morando em condições de se enquadrem no Programa Minha Casa Minha Vida, outras que já foram beneficiadas em programas habitacionais e que aguardam a liberação das moradias, outras ainda que têm o interesse em negociar com a proprietária do imóvel a moradia construída no local e outras em extrema situação de vulnerabilidade que, em caso de reintegração de posse, ficariam ao relento, segundo o defensor público.
“Vamos fazer um novo levantamento, em conjunto, para saber especificamente o perfil de cada família. A ideia é pensar uma solução adequada a partir da escala de prioridades para de dar celeridade prioritariamente a quem está em situação de vulnerabilidade”, enfatizou Menezes.
Encaminhamentos
De acordo com o secretário de Assistência Social, Hudson Moreschi, em conjunto com as secretarias de Ação Comunitária e Planejamento e Urbanismo e a Defensoria Pública será realizado um cadastro padrão dos moradores na quarta-feira (22) e quinta-feira (23) no Jardim Gramado com tabulação dos dados até os dias 3 e 4 de abril, quando haverá encaminhamento de propostas por parte do Município.

Deixe uma resposta