Fiscalização: PRF flagra 80 motoristas com excesso de velocidade na BR-467

 

Quase um motorista por minuto. Este é o balanço da primeira ação de fiscalização com o uso de radar desenvolvida pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) durante a Operação Semana Santa, iniciada à 0h de ontem.

A atividade aconteceu na BR-467, entre Cascavel e Toledo e em uma hora e meia de operação, 80 condutores foram flagrados trafegando em excesso de velocidade.

Em apenas três flagrantes encaminhado pela PRF à imprensa é possível ver uma BMW trafegando a 160km/h. Já um Gol estava a 151km/h e um Golf a 158km/h. Cabe ressaltar que o limite máximo de velocidade é de 110km/h para veículos leves.

No caso dos três veículos, que o excesso de velocidade fica entre 20% a 50%¨, a multa é de R$ 195,23, infração grave e cinco pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Conforme o CTB (Código de Trânsito Brasileiro), os condutores flagrados a até 20% além da velocidade permitida recebem multa de R$ 130,16, infração média e quatro pontos na CNH. Já os que ultrapassarem em 50% o limite da velocidade cometem uma infração gravíssima, sete pontos na carteira, multa de R$ 880,41, mas diferentemente das outras infrações por excesso de velocidade existe uma medida administrativa, que é a suspensão imediata do direito de dirigir e apreensão do documento de habilitação.

A Operação Semana Santa, que começou na quinta-feira, se estende até as 23h59 de domingo. Nesses quatro dias da operação, os principais focos da fiscalização da PRF serão o controle de velocidade por meio de radares, o combate à embriaguez ao volante, as ultrapassagens irregulares e o uso do cinto de segurança.

O objetivo é minimizar o número de acidentes, que há dois anos durante o feriado de Páscoa vem caindo. Em 2015, por exemplo, nas rodovias do Paraná foram 15 mortes e no ano passado nove, queda de 40%,

Restrições

Para dar mais fluidez no tráfego de veículos leves, a PRF restringiu o tráfego de alguns tipos de combinações de veículos. O tráfego de caminhões bitrem, veículos com dimensões excedentes e caminhões-cegonha será proibido, nos trechos de pista simples das rodovias federais, hoje das 6h às 12h e domingo das 16h às 22h.

Durante o feriado prolongado a previsão é de que o fluxo de veículos suba em torno de 30% em relação à média diária, sendo que o maior movimento será registrado no retorno, domingo, com um aumento de quase 100%.

 

 

Deixe uma resposta