Festugato pretende que Hospital Jacomo Lunardelli siga funcionando

O empresário Renato Festugato Neto está disposto a manter em funcionamento do antigo Hospital Santa Catarina, hoje Jacomo Lunardelli, após ter adquirido em leilão o imóvel onde funciona o estabelecimento de saúde.

Festugato ofertou a segunda maior oferta para aquisição do prédio, porém acabou cobrindo a proposta vencedora, a convite do Juízo, diante da desistência do também empresário Rogério Lunardelli.

O advogado de Festugato Neto, Alex Gallio, do escritório BGO de Cascavel, especializado em advocacia empresarial, fusões e joint ventures, afirma que seu cliente já está dialogando com o prefeito Leonaldo Paranhos e com a sociedade de Cascavel para encontrar a melhor solução para o que fazer com o prédio.

“Renato Festugato Neto capitaneia um grupo de empresários, entre eles médicos, capacitado para fazer do Hospital Santa Catarina um centro de saúde moderno e que atenda às necessidades da população, tanto da região Norte da cidade quanto de outros locais”, observa o advogado Rodrigo Pagliarini, que também atua no caso.

Conforme o advogado, caso não haja interesse de tê-lo como parceiro, o empresário tem interesse em destinar o imóvel apenas à sua vocação principal, que é a de servir como um centro especializado em saúde, locando o prédio para a prefeitura ou mesmo para o Governo do Estado.

O Município

Já a Prefeitura de Cascavel disse que inicialmente, não há nenhuma alteração nas tratativas já concretizadas entre o Município e o Hospital Jacomo Lunardelli. A administração municipal aguarda a concretização das negociações entre o empresário que arrematou a unidade hospitalar no leilão e a Justiça, bem como a oficialização da aquisição, a fim de iniciar um diálogo que permita manter o atendimento à população segundo acordo que envolve, além do município, também o Governo do Paraná.

 

Deixe uma resposta