Famílias contabilizam prejuízos com enxurrada no Brasília

Os poucos minutos de chuva torrencial que caiu sobre a região Norte de Cascavel na tarde deste domingo (5) foram suficientes para causar bastante estrago no Bairro Brasília. Pelos menos quatro casas foram atingidas diretamente

 

MAIOR ESTRAGO

O maior estrago foi causado na baixada da Rua Rua Domiciano Theobaldo Bresolin, esquina com a Rua Teixeirinha, na residência de João Nogueira. Lá a água que estourou uma manilha de escoamento subterrâneo duas quadras acima levou muita sujeira e acumulou por cerca de um metro, derrubando um muro, arrastando o carro do morador e levando muita lama para dentro de duas casas construídas no mesmo terreno. “Eu moro sozinho e perdi tudo, desde o carro a eletrodomésticos e até os documentos pessoais. Foi tudo muito rápido, quando vi a água por baixo da porta ela já estava na minha cintura pelo lado de fora. Cheguei a cair com a força da água quando abri a porta”, lembra ele, que é eletricista.

 

CRIANÇAS

Na outra casa estava Gislaine de Oliveira com seus três filhos, sendo o mais velho com quatro anos de idade: “Perdi tudo: roupa, calçado, uniforme colégio do colégio das crianças… Nem sei como farei para levar eles na escola amanhã [segunda-feira]. Quando começou a entrar água as crianças, que estavam no sofá, viram aquilo e começaram a gritar. O pai delas havia acabado de sair de casa e elas pensaram que a água tinha levado ele, ao olharem pela janela e verem até o carro sendo arrastado”.

 

COSTUREIRA

No terreno ao lado, rua acima, a costureira Carmem também contabilizava os prejuízos. “Foi geladeira máquina lavar, rádio, roupa, todas as linhas que uso para consertar roupar… O fogão… Moro aqui há 14 anos e nunca tinha acontecido isso”.

 

NOVIDADE?

Na mesma quadra, mas na Rua Jardel Filho, na primeira casa a ser atingida pela água, a enxurrada não foi novidade para os moradores, que há cerca de 12 anos já haviam presenciado fato semelhante no local. O presidente do bairro, Jocenei Bezerra, também diz lembrar daquela ocasião e que inúmeras vezes já solicitou melhorias na Prefeitura. Desta vez, ele teve a chance de cobrar diretamente o prefeito Paranhos, que esteve no local visitando as famílias e onde a tubulação rompeu, causando o problema.

 

FALA, PREFEITO

“Estamos vendo a questão da intervenção física, do desentupimento das bocas de lobo e um problema no viaduto da BR-467 que provoca essa canalização da água. É também uma ação de pessoas. A Defesa Civil, o secretário de Assistência Social e de Saúde também viram para ver o que conseguimos recuperar, se conseguimos ajudar de alguma forma. O importante é resolver o problema e secretaria de Obras vai ter que resolver”, disse o prefeito.

 

AJUDA

Os moradores do Brasília que perderam tudo com a enxurrada contam com a ajuda da comunidade para reconstruir suas casas. O contato do eletricista João é 99831-8275 (ou 9811-8123, com Marli), o da mãezinha Gislaine é 99830-8927 e o da costureira Carmem é 9990-2905.

Deixe uma resposta