Entrega de preservativos é reforçada para o Carnaval

Para garantir que a prevenção não seja deixada de lado neste período de Carnaval, o Cedid (Centro Especializado de Doenças Infecto Parasitárias) intensifica a entrega de preservativos e a conscientização sobre as DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis).

Por mês são distribuídos 25 mil preservativos entre os serviços de saúde da cidade e a expectativa é que neste período o repasse seja até 50% maior. “Realizamos levantamento de locais que estarão abertos no Carnaval e disponibilizamos materiais informativos e preservativos”, explica a coordenadora Josana Dranka.

Segundo ela, o trabalho é realizado durante todo o ano e ganha reforço em períodos de festas, já que podem estar associadas ao uso do álcool e também de drogas e resultar em relações de risco.

“Normalmente as pessoas ficam mais vulneráveis e fazem coisas que conscientemente não fariam. Por isso, o nosso alerta é para que as pessoas não deixem de usar preservativo e se esquecerem de usar, que façam o teste rápido de HIV”, diz ela.

De acordo com o último levantamento do Cedip, há 2.599 pacientes com HIV/Aids registrados em atendimento. Deste total, 80% são de Cascavel e os demais dos municípios de abrangência da 10ª Regional de Saúde. Nos últimos oito anos houve aumento consecutivo de novos casos da doença.

A coordenadora ressalta que apesar do feriado, preservativos estarão disponíveis em uma cestinha em frente ao Cedip e em todas as UPAs (Unidades de Pronto-Atendimento).

 

 

Deixe uma resposta