Dip Frangos abre as portas e mostra rigoroso controle sanitário e qualidade total

 

Habilitada a exportar para mais de 100 países da lista geral do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), a Dip Frangos, que tem seu frigorífico instalado no município de Capanema, no Sudoeste do Paraná, abriu as portas da sua unidade industrial para a visita de profissionais de imprensa e, numa iniciativa de transparência, mostrou o rigoroso controle sanitário e de qualidade da sua produção de carnes de frangos (frango inteiro, cortes e miúdos).

Essa atitude da Dip Frangos ocorre no momento delicado vivido pelo setor de carnes do Brasil, situação causada pela Operação “Carne Fraca”, desencadeada na última sexta-feira (17) pela Polícia Federal.

Com o intuito de tornar ainda mais transparente o controle sanitário e a qualidade das carnes de frango que produz, uma equipe da gerência, da fiscalização (SIF- Serviço de Inspeção Federal) e da área de produção da Dip Frangos recepcionou jornalistas. Essa equipe esteve formada por José Uberti Machado (gerente do complexo aves), Névito Pozzebon (médico veterinário cedido pela Dip Frangos ao Mapa), Cláudio de Oliveira e Silva (técnico de fiscalização federal agropecuário/Mapa), Roseli Marcolin (encarregada de controle de qualidade) e Jair Henrique Finkler (supervisor de produção).

Na ocasião, essa equipe acompanhou os profissionais de comunicação em incursões ao complexo do frigorífico, com ênfase nas áreas de inspeção sanitária e de produção.

QUALIDADE TOTAL

Por ocasião da visita dos jornalistas ao frigorífico, os representantes da Dip Frangos frisaram que, através das equipes técnicas de fiscalização do Ministério da Agricultura e da equipe independente mantida pela Dip Frangos,  é desenvolvido um rigoroso trabalho de controle sanitário, com o acompanhamento de coleta de análises laboratoriais em toda a cadeia produtiva. Inclusive, a equipe independente da Dip Frangos trabalha com autonomia para parar a produção de produtos, se constatar que esses estão fora do padrão exigido pelos clientes e pelo Ministério da Agricultura. “Isso zela e garante a qualidade dos produtos da Dip Frangos e a segurança alimentar da população”, destacou o gerente do complexo aves, José Uberti Machado.

ISO 9001/2008

Já o presidente da Dip Frangos, César Scherer, enaltece que a empresa obteve, em 2016, a certificação internacional ISO 9001/2008 pela SGS (Certificado BR16/9469 em 24/6/2016), de toda a cadeia do complexo aves. “Essa certificação reforça de forma oficial que estamos habilitados a comercializar nossa produção nos mercados interno e externo com a garantia de controle sanitário e de qualidade das carnes que produzimos devido os controles existentes na Dip Frangos e que foram auditados e aprovados pela certificadora”, enfatizou César Scherer.

César enfatiza que a Dip Frangos é um projeto elaborado pelo administrador judicial de um processo falimentar – Capital Administradora Judicial – no qual o Judiciário de Cascavel criou uma empresa sadia com os ativos da Massa Falida visando o pagamento de um saldo de credores de R$ 1,5 bilhão, sendo a mesma   acompanhada e fiscalizada pelo sistema judiciário, o qual é  constantemente informado das suas condições e especificações.

O FRIGORÍFICO

Localizada no pequeno município de Capanema, com cerca de 20 mil habitantes, no Sudoeste do Paraná, a Dip Frangos comercializa as marcas de frango Diplomata e Campesino.

O frigorífico abate diariamente 105 mil aves, em dois turnos, totalizando 206 toneladas/dia. Essa produção destina-se 50% para o mercado interno e outros 50% para o mercado externo. Para manter essa produção, a Dip Frangos conta com 230 produtores integrados e cerca de 1.100 colaboradores que trabalham no frigorífico.

 

 

 

Deixe uma resposta