Dedicação voluntária pelo bem comum

Reportagem: Romulo Grigoli

Fotos: Lorena Manarin

Dividir o trabalho diário com as responsabilidades na comunidade não é tarefa fácil, mas o borracheiro Ismair Malizan enfrenta esse desafio e pela segunda vez foi eleito por moradores como presidente da Associação de Moradores do Bairro Interlagos em Cascavel.

Ele e tantos outros representantes da população são homenageados neste dia 5 de maio quando se comemora o Dia Nacional do Líder Comunitário.

Até o início do próximo ano, o presidente da Associação de Moradores permanecerá nesse cargo e destaca que a maior recompensa é receber elogios da comunidade. “Há bastante cobrança e muitos não sabem que esse é um trabalho voluntário. Quem aceita assumir essa posição, tem como objetivo buscar melhorias para toda a comunidade e quando isso acontece é gratificante ser reconhecido”, diz ele.

Entre a troca de pneus e os consertos diários nos veículos, o presidente está atento a ouvir as demandas dos moradores e buscar soluções.

“Marcamos reuniões com vereadores, secretários e prefeito para levar as reivindicações, mas nem sempre conseguimos ser ouvidos”, lamenta Malizan.

Embora assuma o papel de maior representatividade, ele afirma que as conquistas chegam quando há esforço de todos. “Precisamos estar unidos nos objetivos”, completa.

Melhorias

A construção da cozinha comunitária no Interlagos é lembrada com entusiasmo pelo presidente. “Foi uma luta durante alguns anos e que hoje trouxe inúmeros benefícios”, afirma. O espaço administrado pelo Provopar serve diariamente cerca de 330 refeições gratuitamente.

Entre as reivindicações que ele defendeu também está a implantação da UPS (Unidade Paraná Seguro) que trouxe mais segurança à população.

O presidente da Associação de Moradores destaca ainda as obras de asfalto. “Demoraram a chegar, mas conseguimos e todo o bairro foi asfaltado. Restam apenas alguns serviços nas calçadas”, cita Malizan.

Reivindicações

A estrutura do salão comunitário já não atende às necessidades da comunidade e conseguir melhorias é o próximo desafio do presidente. “É um espaço que utilizamos bastante, mas precisamos de reformas com urgência”, afirma.

Segundo ele, outro pedido da comunidade diz respeito ao funcionamento do Centro da Juventude. “Precisamos que seja abeto nos fins de semana, pois muitos só têm esse período para aproveitar e fazer uma atividade física”, reivindica.

Ele pretende ainda reforçar contato com o poder público e fazer com que o prefeito esteja mais próximo da comunidade.

Deixe uma resposta