Congresso reúne especialistas no acolhimento familiar

O serviço de acolhimento familiar é tema de Congresso Internacional realizado em Cascavel. As palestras que tiveram início ontem no auditório da Univel seguem nesta terça-feira com profissionais do Brasil e de outros países.

O evento é organizado pelo TJ-PR (Tribunal de Justiça do Paraná) com apoio da Secretaria de Assistência Social e Programa de Acolhimento Familiar da Prefeitura de Cascavel.

O Papel da Família de Origem na Prevenção do Acolhimento foi debatido por Michael David Pease – assistente social inglês e diretor da ONG Substitute Families for Abandoned Children.

Toda a apresentação foi traduzida simultaneamente aos cerca de 600 participantes.

Juiz inglês especializado no direito da criança e adolescente, Ranjit Singh Uppal, levou ao encontro reflexões sobre o Papel do Juiz no Acolhimento Familiar.

Para intermediar o debate após a palestra foi convidado o juiz da Vara da Infância e Juventude de Santo Ângelo/RS, Luiz Carlos Rosa.

O Programa Família Acolhedora em Cascavel se tornou referência para todo o Brasil e 10% das crianças atendidas no País, são da cidade. “O poder judiciário prioriza que o acolhimento seja em famílias e como o nosso programa se tornou referência, com 220 crianças acolhidas em 140 famílias, planejamos esse seminário para compartilhar boas experiências a cidades de todo o País que se interessam no nosso modelo de trabalho”, destaca a coordenadora do Programa Família Acolhedora, Neuza Cerutti.

Deixe uma resposta