Cascavel tem 796 casos suspeitos de dengue

Informe técnico da Sesa (Secretaria Estadual da Saúde), divulgado ontem, registrou 796 casos suspeitos de dengue em Cascavel. Já entre os 25 municípios da 10ª Regional de Saúde, foram 1.167 notificações. Os números a colocam a sétima do Paraná com o maior número de notificações.

Além disso, foram confirmados 61 casos da doença na regional, 51 deles autóctones e dez importados. Somente em Cascavel são 36 confirmações (34 autóctones e dois importados). Segundo o boletim, a incidência de dengue em Cascavel é de 9,44 casos a cada 100 mil habitantes. Este índice serve para controlar a proliferação do mosquito Aedes aegypti e consequentemente, promover ações em combate à doença. A incidência no Estado é de 5,31 casos por 100 mil habitantes. O Ministério da Saúde classifica como baixa incidência quando o número de casos autóctones for menor do que 100 casos por 100 mil habitantes.

No Paraná, os municípios com o maior número de casos confirmados são Maringá (140), Londrina (79) e Paranaguá (36). Estas mesmas cidades contabilizam os maiores índices de notificações do Estado.

ZIKA E CHIKUNGUNYA

O informe estadual traz ainda a circulação dos vírus da zika e chikungunya. Em Cascavel, são 108 notificações de chikungunya e 146 de zika vírus. Até o momento não foi confirmado nenhum caso das doenças no município.

Já na área de abrangência da 10ª Regional de Saúde de Cascavel foram registrados 113 casos suspeitos de chikungunya e uma confirmação em Capitão Leônidas Marques. Em relação ao zika vírus são 150 notificações e nenhum caso confirmado.

Deixe uma resposta