Cascavel confirma 31 casos de dengue

Boletim da dengue, divulgado pela Sesa (Secretaria Estadual da Saúde) confirmou 31 casos da doença em Cascavel desde agosto de 2016, quando iniciou o novo período epidemiológico. Destes, 30 são autóctones e um importado. Os números, conforme o informativo, estão longe de conferir ao município um estado epidêmico, embora sejam necessárias ações preventivas para que este status permaneça.

Ainda segundo o informe técnico, o município tem 716 notificações e uma incidência de 9,59 casos a cada 100 mil habitantes.

Já entre os 25 municípios que integram a 10ª Regional de Saúde de Cascavel, a dengue afetou 54 pessoas. Conforme o boletim, 48 delas contraíram a doença no município onde residem, o que figura como caso autóctone, e outras seis em localidades diferentes. Na regional, 1.050 casos permanecem suspeitos e em investigação.

PARANÁ

Em todo o Estado, foram confirmados 644 casos de dengue – 527 autóctones e 117 importados. Além disso, há 22.798 notificações. No Paraná, a situação mais grave ocorre na regional de Maringá, que possui 201 confirmações até o momento e mais de três mil suspeitas.

Zika e chikungunya

O informe traz ainda a circulação dos vírus da zika e febre chikungunya em Cascavel, que até agora não possui nenhuma confirmação das duas doenças. No município, foram registradas apenas 102 notificações de chikungunya e 130 de zika vírus. No Paraná, são 28 e quatro confirmações, respectivamente.

 

Deixe uma resposta