Canoístas cascavelenses se destacam na seleção

A seleção brasileira encerrou sua participação no Campeonato Sul-Americano de Canoagem Velocidade e Paracanoagem 2017, em Paipa, na Colômbia, confirmando sua hegemonia na América do Sul e se consagrando campeã geral, seguida de Argentina e Colômbia. No total, foram 54 medalhas, dessas 32 de ouro, 14 de prata e oito de bronze. Destaque para os canoístas cascavelenses. Os cinco representantes do CRC (Clube de Regatas Cascavel) na seleção conquistaram medalhas na competição que foi encerrada no último domingo (23).

Evidência maior para Vagner Souta Júnior, da categoria Sênior, a principal da modalidade. Ele faturou quatro medalhas de ouro, o maior vencedor da equipe de caiaque e ficando atrás apenas do baiano Isaquias Queiroz – que conquistou cinco ouros na canoa – entre os 26 integrantes de toda a delegação brasileira.

Individualmente, Vagner venceu as provas do K1-500m e K1-1000m. Em parceira, foi primeiro colocado também nas provas do K4-500m e K1-1000m, ao lado do também cascavelense Roberto Maehler, do gaúcho Edson Silva e do paulista Celso Dias em ambas. Maehler também foi ouro no K2-1000m, com Celso Dias.

Outro cascavelense que se destacou em Paipa foi Vitor Hugo Navarro Voigt pela categoria Júnior. Ele subiu três vezes ao lugar mais alto do pódio, nas provas dos 200m, 500m e 1000m do K4 (todas com Mateus Moia, Marcos Scolaro e Willian Silva na embarcação). O feito é surpreendente, pois o jovem de 18 anos venceu as três distâncias – cada uma exige uma preparação diferente, resistência, velocidade ou explosão.

VETERANA E NOVATA

No naipe feminino, a novidade foi a presença da jovem Emilly Conrad Schellworth. Aos 17 anos, ela disputou seu primeiro Sul-Americano pela categoria Júnior e já conquistou medalhas. Foram três bronzes no K4, nas distâncias de 200m, 500m e 1000m, todos com Silvia Portela, Débora Garcia e Isadora Ribeiro. Com o feito ela se igualou à maior estrela da canoagem feminina do Brasil, Ana Paula Vergutz, que na competição disputada a mais de 2,5 mil metros de altitude de Paipa também conquistou três terceiros lugares, nos 500m e 1000m do K1 e nos 1000m do K2, em parceria com Bruna Domingues. Ana Paula ainda foi ouro na maratona 11 km, prova festiva da competição.

Deixe uma resposta