Acusado de homicídio em Goiás é preso em Cascavel

Uma denúncia feita à Polícia Militar sobre um homem que estaria vendendo joias a um preço muito abaixo do mercado fez com que um crime, ocorrido em Valparaíso de Goiás fosse descoberto.

O homem, Eduardo Santos Dela Porta, de 32 anos, estava com um i30, roubado da ex-namorada, Gleidce Romicy de Mattos, de 44 anos. Ela era professora e morava sozinha. Além do veículo, joias avaliadas em R$ 50 mil e um celular foram apreendidos.

Eduardo foi preso em flagrante por receptação do veículo e dos objetos no Bairro Cataratas, na noite de quinta-feira (30). Com ele estavam duas mulheres, que seriam garotas de programa em Brasília (DF).

De acordo com informações da Polícia Civil de Cascavel, Gleidce foi encontrada morta na casa em que morava, já em avançado estado de decomposição. Como Eduardo estava com o carro dela e eles eram namorados, o homem é o principal suspeito do homicídio.

A responsável pela Delegacia Especializada da Mulher de Valparaíso de Goiás, Isis Santana Leal, solicitou cópias do procedimento de prisão de Eduardo e deve pedir a prisão temporária do suspeito.

Segundo a Polícia Civil de Cascavel, em seu depoimento feito na 15ª SDP (Subdivisão Policial), Eduardo se manteve calado. O homem está na carceragem em Cascavel e está a disposição da justiça. Existe a possibilidade dele ser transferido para Valparaíso de Goiás, aonde o crime contra Gleidce aconteceu.

Deixe uma resposta